Viagens Low Cost Milão

Milão, a capital da Lombardia, tem uma população de 1,3 milhões de pessoas. é a maior cidade industrial da Itália, com diversos sectores industriais. é um ponto magnético para designers, artistas, fotógrafos e modelos. Milão tem um centro antigo da cidade, com edifícios e palácios altos e interessantes, razão pela qual tantas pessoas de todo o mundo querem ver a cidade do glamour.

O clima da Itália é predominantemente mediterrâneo: alpino no extremo norte e quente e seco no sul. O inverno em Milão é relativamente ameno, mas nebuloso, com temperaturas variando entre zero e 8 graus celsius. O verão pode ser bem húmido, com breves trovoadas. As temperaturas variam entre 14 e 29 graus.

Milão sempre foi uma cidade rica e importante. Tem sido sempre um lugar cheio de vários artistas famosos e oferece uma variedade particular de igrejas, edifícios e monumentos. Houve uma mudança da cultura e arte na Renascença, com uma contribuição grande no período neoclássico. Milão oferece uma grande variedade de edifícios, monumentos e museus. A igreja mais importante é aCatedral, que é a terceira maior igreja do mundo.

Viagens Low cost Milão – preço dos bilhetes

Voos a 80€ com partida de Lisboa através da Ryanair, ou voos a 44€ com partida do Porto, também através da Ryanair. Sendo que o valor é por pessoa, e as taxas estão incluídas.

Se marcar voo ida e volta seja a partir de Lisboa ou do porto, com alguma antecedência, pode-se tornar bastante acessível às carteiras, para além de que viajar só faz bem, pois alarga os nosso horizontes.

Ao fazer a reserva do voo já incluindo o booking do hotel, através do site da logitravel, não só se torna mais pratico, como também económico, pois pode ser em tempo real os preços praticados no mercado para as datas que pretende fazer a viagem. Não se esqueça de ter sempre em conta, aonde quer ficar, pois será mais barato ir para um hotel de 3 estrelas do que ir para um de 5 estrelas.

Como Ir do Aeroporto de Milão até ao centro da cidade?

Você só pode chegar a Milão em 2 modos: por avião com um voo direto ou passando por uma capital europeia ou de comboio vindo de uma cidade na Europa.
Chegando de avião, você pode chegar em um desses 3 aeroportos:
MALPENSA – O principal aeroporto da região, é onde chegam todos os voos intercontinentais. Para chegar até Milão você pode optar por um taxi, ou comboio que sai do aeroporto e tem a vantagem de não enfrentar o transito da famosa rodovia A4. Ou ainda, tem a opção do Malpensa Express liga a cada meia-hora o aeroporto à estação de metro Cadorna.

LINATE: é um aeroporto menor, bem perto do centro e onde chegam alguns vôos vindo das capitais européias. Aqui pode escolher entre o taxi ou o autocarro.

ORIO AL SERIO:se por acaso você chegar nesse aeroporto vindo de uma cidade europeia com uma companhia aérea low cost, as opções são os autocarros que levam até a Estação Central numa 1 hora.

Agora, em Milão, o que visitar?

Milão é uma cidade onde se respira arte, moda, cultura e história a cada passo, portanto se você planeia passar por lá, confira agora nossas dicas de passeios em Milão e aproveite ao máximo!

Prepare-se para caminhar, mas tudo pode ser feito a pé com um pouco de boa vontade e com algumas pausas.

Catedral de Milão (Duomo di Milano)
Esta maravilha da arquitetura medieval tem um pouco de tudo para agradar turistas e milaneses: o belíssimo revestimento de mármore de Candoglia, os vitrais que vão do século 13 ao século 20 e contam as histórias da bíblia, o coro de madeira, os órgãos seculares, a cripta de São Carlos, os restos romanos nos subterrâneos e a magnética estátua de São Bartolomeu apóstolo, que segura a sua própria pele e mostra aos cristão e não, o seu martírio.

Galeria Vittorio Emanuele
Depois de sair da Catedral, entre na Galeria Vittorio Emanuele. Ela foi concebida no final do século 19 para a burguesia milanesa passear após assistir às peças e óperas do Teatro Scala (do qual falaremos a seguir), e continua sendo um local sofisticado e importante para a moda em Milão, pois abriga várias lojas de grifes de luxo, como a primeira Prada aberta na Itália. Lá você também pode fazer uma pausa no Café Gucci ou saborear o verdadeiro risoto à milanesa em um dos tradicionais restaurantes.

Teatro Scala
Do outro lado da Galeria fica o Teatro Scala. Ali, em 1870, o compositor Carlos Gomes estreou a ópera brasileira “O Guarani”.
O ponto forte do teatro é seu interior, com uma decoração estonteante e seu imponente lustre de murano. No entanto, veja se está aberto à visitação quando passar por lá, pois para conseguir ingressos para as peças é preciso meses de antecedência.

Santa Ceia
Uma das maiores e mais conhecidas obras de arte do mundo está em Milão.
Muita gente não sabe, mas a Santa Ceia é uma parede pintada e não um quadro. É aberta à visitação, mas é necessário reservar com bastante antecedência e a entrada para visitação é controlada e feita a grupos de 25 pessoas a cada 15 minutos.

Pinacoteca de Brera
Milão tem uma rede de grandes (e desconhecidos pelo grande público) museus, mas se você tem tempo para visitar só um deles, que seja a Pinacoteca de Brera. Fundada como museu em era Napoleônica no século 19, ainda hoje é a maior coleção de arte que vai do século 13 ao século 19, da cidade. Caravaggio,  Bramantino, Piero della Francesca, Raffaello, Bellini, Mantegna, são só alguns dos nomes dos grandes artistas da arte italiana, exposto nos espaços que foram um convento jesuíta no século 16.
Outros sítios interessantes:
Navigli
Castelo Sforzesco
Museo Ferrari

Dicas úteis para as suas férias em Milão:

Hoje em dia os smartphones são os nossos melhores amigos para viagens. Lá pode usar o GPS e aplicações que irão certamente ajudar a encontrar os lugares a que pretende chegar. Aqui ficam algumas aplicações indispensáveis para uma viagem a Paris.

Partilhar :)

Viagens Low Cost Milão